Nova fase da Educação Mercadoria

     Elite troca a tradição e excelência por “serviços educacionais”, vendidos como resortes ou bancos “prime”. Neste tipo de educação, não se busca formar seres humanos, mas patrões.  Foi-se o tempo em que pais de classe média e alta escolhiam escolas...

    Guerrilha da desinformação - Por Felipe Gabrich

     Se não tem acesso à informação, seja por falta de tempo ou de dinheiro, o cidadão brasileiro tem que exercitar a percepção e a observação.  Aprender a ver o que se passa ao seu redor.Por exemplo: não causa espécie, ou não é estranho, à opinião...

    O que vale para o Aécio não vale para o Picciani

     TRF determina que Picciani, Albertassi e Melo voltem para a prisão  Picciani é o homem do Aezão: um voto no Aécio, outro no Pezão do Jornal do Brasil O Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região determinou nesta terça-feira (21), em sessão...

    Golpe fez desemprego bater o recorde entre os jovens

     - COM TEMER, DESEMPREGO DE JOVENS NO BRASIL É O MAIOR EM 27 ANOS -  O desemprego entre os jovens no Brasil atinge sua maior taxa em 27 anos. Dados apresentados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que, ao final de 2017,...

    Janaúba não recebeu nenhuma ajuda de Temer

     Golpista não cumpriu com a promessa que fez para as famílias da tragédia da creche de Janaúba  O governo ilegítimo de Michel Temer não cumpriu com a promessa de liberar R$ 8,7 milhões para ações de apoio à tragédia ocorrida na creche em Janaúba, na...

    separador 1

    Notícias locais

     - Dia da Consciência Negra - Evento celebrará a cultura afro -  Nesta segunda-feira, 20, é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra. O dia é atribuído à data da morte de Zumbi dos Palmares,...
     - Alimentação Escolar, Multimeios Didáticos e Auxiliar de Secretaria -  Uma parceria entre a Prefeitura de Montes Claros e o Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) possibilitou a formação de...
    Mais emNotícias Locais  

    Notícias regionais

     Golpista não cumpriu com a promessa que fez para as famílias da tragédia da creche de Janaúba  O governo ilegítimo de Michel Temer não cumpriu com a promessa de liberar R$ 8,7 milhões para ações de...
    Lamentavelmente, temos que reconhecer: não estamos conseguindo corrigir os erros históricos do passado!   * Por Marcelo Eduardo Freitas Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul e nobel da paz de...

    Notícias nacionais

     Elite troca a tradição e excelência por “serviços educacionais”, vendidos como resortes ou bancos “prime”. Neste tipo de educação, não se busca formar seres humanos, mas patrões.  Foi-se o tempo em que...
     Se não tem acesso à informação, seja por falta de tempo ou de dinheiro, o cidadão brasileiro tem que exercitar a percepção e a observação.  Aprender a ver o que se passa ao seu redor.Por exemplo: não...

    separador 1

    Mundo

    Thumbnail  Parlamentares do Mercosul defendem legado do educador e pensador brasileiro mais reconhecido mundialmente  Os métodos educacionais de Paulo Freire contribuíram e contribuem decisivamente para os...
    Mais emMundo  

    Esportes

    Thumbnail  - Não escaparam nem mesmo grandes grupos de imprensa do Brasil e América Latina, citados pela única testemunha ouvida até agora como parte de um esquema de corrupção. No caso da TV Globo, ela foi...
    Mais emEsportes  

    Segurança Pública

    Thumbnail  Nem a uma morta, a inocência. Juízes pequenos, grandes ódios Texto imperdível de Joaquim de Carvalho, no Diário do   Centro do Mundo Marisa Letícia: Decisão do tribunal é indigna e viola direito...

    www.autopecasONLINE24.pt

     

    separador blogosfera

    RUSSA CRITICA TRAPALHADA DE TEMER NO G20

     

    A Sputnik Brasil entrevistou com exclusividade, o cientista Político e professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora,  - Raul Magalhães. O especialista chamou de desastrada a declaração de Temer de que não há crise econômica no Brasil. "[A declaração] poderia ter funcionado se ele tivesse dito que estamos recuperando em alguns níveis, como a queda da inflação, uma recuperação da atividade industrial… Mas a reação de que não existe crise econômica no quadro recessivo que está instalado pareceu uma reação destemperada", avalia o professor -

      Da Agência Sputinik

    O presidente Michel Temer desembarcou nesta sexta-feira (7) em Hamburgo, na Alemanha para participar da reunião hoje (7) e amanhã (8) da cúpula do G20, grupo que reúne as 20 maiores potências mundiais.

    Diante da crise política no Brasil, Temer chegou a anunciar que não viajaria mais para a Alemanha, mas, na última hora, mudou de ideia após ouvir seus ministros, especialmente o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que destacou que a ausência de Temer na reunião poderia ser interpretado pelos investidores internacionais como um sinal de fraqueza do governo federal.


    Ao chegar no hotel nesta sexta-feira (7) onde está hospedado Temer conversou rapidamente com a imprensa e a ser questionado sobre a situação do Brasil no G20 diante da crise política e econômica no país, o presidente afirmou surpreendendo os jornalistas, que não há crise econômica no Brasil.
    "Não, pode levantar os dados e você verá que nós estamos crescendo empregos, estamos crescendo indústria, estamos crescendo agronegócio. Lá não existe crise econômica”, afirmou o Presidente.

    Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem ainda 13,8 milhões de desempregados e que no trimestre março, abril e maio o desemprego ficou em 13,3% conforme a pesquisa PNAD Contínua, mesmo com o Ministério do Trabalho tendo anunciado no mês passado que, em maio, a abertura de vagas formais de emprego superou as demissões em 34,2 mil postos, sendo o segundo mês seguido em que houve criação de postos de trabalho com carteira assinada no país. A Confederação Nacional da Indústria também afirma que a estimativa de crescimento industrial caiu de 1,3% para 0,5%.

    A Sputnik Brasil entrevistou com exclusividade, o cientista Político e professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora, Raul Magalhães. O especialista chamou de desastrada a declaração de Temer de que não há crise econômica no Brasil.

    "[A declaração] poderia ter funcionado se ele tivesse dito que estamos recuperando em alguns níveis, como a queda da inflação, uma recuperação da atividade industrial… Mas a reação de que não existe crise econômica no quadro recessivo que está instalado pareceu uma reação destemperada", avalia o professor.


    Para Magalhães, a fala é uma estratégia do presidente em passar uma imagem mais enérgica diante dos problemas da gestão. Porém, o professor avalia que a fala produziu um debate ainda maior sobre a dissintonia do governo com o quadro que busca remediar.
    "O governo Temer colheu alguns resultados positivos na gestão da economia, mas daí a dizer que a superação do quadro está instalada não coincide com a opinião dos economistas. E para os 13 milhões de desempregados não adianta dizer que a coisa está melhorando, a percepção subjetiva não é de uma crise superada. A propaganda é inadequada e dificilmente convence investidores externos que são muito bem informados sobre o que acontece internamente no Brasil", afirma o especialista.

    A Cúpula do G20, organizada neste ano na Alemanha, termina amanhã.

    Brasil 247

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper