Com o aumento da gasolina, você é o pato!

     - O ilegítimo torrou R$ 15 bilhões em emendas parlamentares (comprou a Câmara) para não ser afastado por corrupção passiva.  O aumento de R$ 0,40 por litro de gasolina com o aumento de impostos de Michel Temer pretende arrecadar R$ 10 bilhões.O...

    Temer aumenta imposto, enquanto compra deputados

     - Falando nisso, onde andam os paneleiros? Continuam dormindo em berço esplêndido? -  - A colunista Eliane Cantanhêde, do Estado de S. Paulo, criticou nesta sexta-feira, 21, o aumento de impostos determinado por Michel Temer para tentar reduzir o...

    Títulos falsos: cidade foi multada em R$ 22 milhões

     - Montes Claros foi penalizada pelos precatórios que foram negociados com empresa em nome de servidores fantasmas, na gestão de Luiz Tadeu Leite -  - Por causa desta fraude em licitações para aquisição de precatórios falsos, o ex-prefeito Luiz Tadeu...

    Marcos Valério irá dedurar Aécio e Azeredo

     - Publicitário  fecha acordo de delação com a Polícia Federal - Transferência de Valério da Nelson Hungria para a Apac de Sete Lagoas, ocorrida no início da semana, já indicava que as negociações já estavam bem adiantadas - O empresário Marcos...

    Multa ambiental é transformada em Ecopista

     - Prefeitura de Montes Claros inaugurou ecopista no Parque Municipal Milton Prates e anunciou novos investimentos na área ambiental -  A Prefeitura de Montes inaugurou, no último domingo, 16, a ecopista com um quilômetro de extensão construída no...

    separador 1

    Notícias locais

     - Montes Claros foi penalizada pelos precatórios que foram negociados com empresa em nome de servidores fantasmas, na gestão de Luiz Tadeu Leite -  - Por causa desta fraude em licitações para...
     - Prefeitura de Montes Claros inaugurou ecopista no Parque Municipal Milton Prates e anunciou novos investimentos na área ambiental -  A Prefeitura de Montes inaugurou, no último domingo, 16, a...
    Mais emNotícias Locais  

    Notícias regionais

     - Publicitário  fecha acordo de delação com a Polícia Federal - Transferência de Valério da Nelson Hungria para a Apac de Sete Lagoas, ocorrida no início da semana, já indicava que as negociações já...
     - Em MG, atingidos exigem demarcação de terras devolutas na Assembléia Legislativa -  Cerca de 100 atingidos das comunidades tradicionais geraizeiras participaram na manhã dessa quarta-feira (12) de...

    Notícias nacionais

     - O ilegítimo torrou R$ 15 bilhões em emendas parlamentares (comprou a Câmara) para não ser afastado por corrupção passiva.  O aumento de R$ 0,40 por litro de gasolina com o aumento de impostos de...
     - Falando nisso, onde andam os paneleiros? Continuam dormindo em berço esplêndido? -  - A colunista Eliane Cantanhêde, do Estado de S. Paulo, criticou nesta sexta-feira, 21, o aumento de impostos...

    separador 1

    Mundo

    Thumbnail  - NOBEL DA PAZ CONDENA GOLPE JUDICIAL CONTRA A DEMOCRACIA BRASILEIRA -   O ativista argentino Adolfo Perez Esquivel, Nobel da Paz em 1980, classificou a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da...
    Mais emMundo  

    Esportes

    Thumbnail  Visto por dirigentes como pessoa perigosa, goleiro revive o trauma dos ataques racistas.  Quando ainda era goleiro do Santos, em 2014, Mário Lúcio Duarte Costa, o Aranha, foi chamado de “macaco” por...
    Mais emEsportes  

    Segurança Pública

    Thumbnail  - O jurista Wálter Maierovitch comparou o juiz Sergio Moro ao magistrado italiano anti-máfia Paollo Borsellino, em comentário na rádio CBN, da Globo, nesta quarta-feira 19, aniversário de morte de...

     

    separador blogosfera

    Filósofa a Moro: é a ditadura do Judiciário

     Juiz que é Juiz não pode ser aplaudido - Em evento na London School of Economics, no Reino Unido, Djamila Ribeiro, mestre em filosofia política e ativista questionou o magistrado sobre seus posicionamentos à frente da Operação Lava-Jato

    Djamila Ribeiro, mestre em filosofia política e ativista (Créditos: Ricardo Matsukawa/El País)

    Da Revista Fórum:

    Djamila Ribeiro enfrenta Moro em debate em Londres: “Juiz não deveria ter partido”

    A filósofa Djamila Ribeiro questionou o juiz Sergio Moro sobre seus posicionamentos à frente da Operação Lava-Jato. O magistrado participou ontem (13) de um debate na London School of Economics, no Reino Unido, com a presença do ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo.

    Na ocasião, Cardozo afirmou que o impeachment de Dilma Rousseff se tratou de um golpe baseado em “acusações pífias” e foi recebido com palmas. Quando a discussão passou às perguntas da plateia, Djamila, que falará no evento no domingo sobre questões de gênero, criticou o “discurso do populismo penal”.

    A ex-secretária-adjunta de Direitos Humanos da cidade de São Paulo lembrou que a decisão de interromper as atividades do Instituto Lula foi feita com uma “canetada”. “Juiz não deveria ter lado, juiz não deveria ter partido”, enfatizou ao comentar a torcida em torno da figura de Moro no debate.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper